Brasileirão Série A

Inter empata em 1 a 1 com o Santos na Vila Belmiro

Com gol de Bruno Méndez, o Clube do Povo empatou em 1 a 1 com o Santos, na Vila Belmiro, e chegou aos 15 pontos na tabela do Brasileirão 2022. O resultado, ...

Por Redação

há 1 mês


Inter empata em 1 a 1 com o Santos na Vila Belmiro


Com gol de Bruno Méndez, o Clube do Povo empatou em 1 a 1 com o Santos, na Vila Belmiro, e chegou aos 15 pontos na tabela do Brasileirão 2022. O resultado, conquistado nesta noite de quarta-feira (08/06), alça o Inter para uma momentânea quinta colocação. Agora, o Colorado volta atenções para o Flamengo, adversário no próximo sábado (11/06), às 21h30, no Beira-Rio. Confirme aqui sua presença no duelo!

+ Confira as imagens do confronto


Jogo movimentado, placar zerado

Edenilson assustou logo cedo/Foto: Ricardo Duarte

 

O Inter começou melhor na Vila Belmiro, e quase abriu o placar com Edenilson, que cobrou falta venenosa pela quina esquerda da área santista. No minuto seguinte ao lance, defendido por João Paulo, o time da casa respondeu com sua principal arma, a bola aérea ofensiva, que parou em Daniel. Armado com Pedro Henrique na ponta-direita e Pena pela esquerda, o Colorado, ainda antes dos 10, voltou a ter boa chance, armada pela uruguaio e finalizada pelo 28. Mais uma vez, o goleiro rival brilhou.

Torcida colorada fez grande festa em Santos/Foto: Ricardo Duarte

 

O segundo terço de partida foi o mais truncado da etapa inicial, e presenciou relativa supremacia dos mandantes, que conseguiram chegar com perigo em duas ocasiões. A primeira resultou em pênalti assinalado a favor do Santos, mas a infração ocorrera fora da área. Depois, Bauermann balançou as redes do Inter. Os dois lances, contudo, foram anulados pelo VAR, e o Clube do Povo logo tratou de não oferecer nova sorte para o azar.

Aos 33, Alan Patrick escapou pela esquerda, recebeu de Renê e chamou Maicon para dançar. Com ângulo para o chute, o 10 arriscou de canhota, e parou em milagre de João Paulo. Sempre simpático aos cruzamentos, o Santos deu o troco com Zanocelo, que cabeceou por cima. Pena, também parada pelo goleiro, e Léo Baptistão, que esbarrou em Daniel, tiveram as últimas chances antes do intervalo, inaugurado com o placar ainda zerado.

Alan quase fez um golaço/Foto: Ricardo Duarte

Um gol para cada lado

De novo na bola aérea, o Santos foi o primeiro a assustar na etapa final. Léo Baptistão, após casquinha de Zanocelo, acertou a rede de fora da meta vermelha, endereço também carimbado por Pedro Henrique, mas na baliza adversária, aos sete. Superados os 10 minutos de confronto, tanto Mano quanto Bustos começaram a rodar seus elencos, e quem melhor se adaptou às mexidas foi o time da casa.

Pedro atuou pelos dois lados/Foto: Ricardo Duarte

 

Recém-alçados a campo, Rwan e Bruno Oliveira tabelaram nas cercanias da área colorada, e o segundo serviu Lucas Braga, que marcou o gol santista. Inicialmente, o lance até foi anulado por impedimento, mas, logo depois, acabou validado pelo VAR. A análise da jogada, curiosamente, durou quase tanto tempo quanto a vantagem paulista, já que o Inter, também com um substituto, chegou ao empate.

Depois de entortar a marcação com drible desconcertante, Pedro Henrique chegou à linha de fundo do corredor esquerdo de ataque e cruzou por baixo. Alemão, na primeira trave, não conseguiu o desvio, mas Taison fez a bola tomar a direção de Mauricio. Na pequena área, o camisa 27 finalizou travado, mas o rebote foi de Bruno Méndez, que entrara como lateral-direito. O charrua não hesitou: no ângulo, garantiu o empate.

Méndez foi elemento-surpresa para marcar/Foto: Ricardo Duarte

 

Depois de empatar, o Inter quase virou com Pena, dono de cobrança de falta espalmada por João Paulo. Na sequência do lance, o uruguaio cobrou escanteio na medida para Dourado. Feito para o chão, o testaço do volante morreu nos braços do goleiro. Logo depois, aos 35, Lucas Pires parou no poste do Inter, enquanto Taison, aos 40, quase deixou o arqueiro no chão, mas foi travado no último instante.

João Paulo impediu a virada colorada/Foto: Ricardo Duarte

Primeiro tempo

3min – UUUUH! Na altura da quina esquerda da grande área paulista, Edenilson cobra falta fechada. Forte, a batida é cortada de soco por João Paulo.

4min – Santos responde! Lançado na área do Inter, Madson ajeita de cabeça para Leó Baptistão, que emenda chute acrobático. A bola bate em Daniel e ameaça tomar o caminho do gol colorado. Sem força, porém, ela é defendida por Daniel.

8min – DEFEEEEEENDE JOÃO PAULO! Pena cruza bola aberta, na segunda trave, onde Pedro Henrique aparece em altíssima velocidade para desviar de carrinho. Goleiro santista opera grande defesa.

13min – Boa tabela! Pedro Henrique deriva da ponta-direita para o centro e chama Alan Patrick para o jogo. O 10 devolve na medida para o companheiro, que finaliza de canhota. Forte demais, ela sai sem direção.

25min – Arbitragem enxerga pênalti para o Santos. De fato, a falta de Pena sobre Batistão ocorreu, mas fora da área.

27min – Eduardo Bauermann, de cabeça, abre a conta para o Santos, mas gol é invalidado pelo VAR.

33min – MILAAAAAAAAAAAAAGRE DO GOLEIRO! Renê recupera a posse ainda no campo de defesa e parte para o ataque. Do lateral a bola chega para Alan Patrick, que entorta Maicon duas vezes antes de soltar o canhotaço. João Paulo salva o Santos!

34min – Léo Baptistão, com espaço na entrada da área alvirrubra, finaliza de canhota. Bloqueada por Edenilson, ela sai em escanteio, mas com perigo.

38min – Pela esquerda, Lucas Pires cobra escanteio na primeira trave. Zanocelo sobe bem e consegue o desvio, mas sem direção.

40min – MAIS UM MILAAAAAAGRE! Edenilson acelera jogo com Alan Patrick, que recebe no corredor central de ataque e abre até Pena. Pela esquerda da área santista, o uruguaio chuta forte, e João Paulo salva mais uma.

45min – Mais três. Vamos a 48!

47min – BEM, DANIEL! Lucas Braga cruza da esquerda, e Léo Baptistão, em velocidade, acerta testaço. Goleiro do Inter, atento, espalma em escanteio.

48min – Ai! Lucas Pires bate mais um escanteio venenoso da esquerda. Na primeira trave, Maicon desvia, a bola bate no ombro de Angulo e explode no travessão. Assustaram.

48min – Intervalo na Vila Belmiro.


Segundo tempo

6min – Lucas Pires, agora pela direita, levanta para Zanocelo. O volante, de primeira, escora para a segunda trave, onde Baptistão finaliza para fora.

7min – Madson caça Pena. Falta e amarelo!

7min – UUUUUUUUUUUUUUUUH! Edenilson serve assistência magistral para Pedro Henrique, que recebe livre na direita da área de ataque e manda a bomba. Na rede, mas de fora.

11min – MERCAAAAADO! Goulart recupera a posse no campo de ataque e serve Angulo, que enche o pé. Com o rosto, zagueiro argentino bloqueia o chute.

12min – Duas trocas no Inter: Bruno Méndez e Alemão substituem Bustos e David.

14min – No Santos, entra Lucas Barbosa. Ricardo Goulart deixa o campo.

16min – Bruno Oliveira é outra novidade no time da casa, e ele vem acompanhado de Rwam. Baptistão e Angulo saem.

17min – Lucas Braga marca para o Santos. Em um primeiro momento, arbitragem indica impedimento, mas VAR valida o gol.

23min – Mano faz mais duas trocas. Taison e Mauricio entram nas vagas de Alan Patrick e Edenilson.

 

26min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTER! É GOL COLORAAAAAAAAADO! É GOL DE BRUNO MÉÉÉÉÉÉNDEZ! VAAAAAMOS, COLORADO! Pela esquerda, Pedro Henrique dá um drible desconcertante em Madson e dispara até a linha de fundo. Camisa 28 cruza rasteiro para Alemão, que não consegue o desvio. Taison, sim, e ela chega para Mauricio finalizar bloqueado. Na sobra, Bruno nem domina e logo manda para as redes. GOLAÇO!

 

 

28min – Pedro Henrique, com dores, deixa o campo. Entra Dourado.

31min – OPA! Mauricio, em velocidade, costurava a zaga santista, mas é derrubado por Rodrigo Fernández, que recebe o amarelo.

33min – MILAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Apesar da distância, Pena cobra direto para o gol santista. João Paulo voa para salvar os mandantes. Que chance!

33min – DE NOVO ELE! Dourado, de cabeça, exige nova defesa de João Paulo.

35min – NÃO SEI O QUE ACONTECEU, E SE ACONTECEU EU NÃO TÔ SABENDO! Rwan divide bola rasteira com Daniel, e o rebote fica com Lucas Pires, que enche o pé. A bola estava entrando, mas bateu no peito de Vitão e explodiu no poste. Salva-se o Inter!

36min – Lucas Braga e Zanocelo são os últimos substituídos por Bustos. Entram Pirani e Sandry.

37min – QUE CHAAAAAAAANCE! Bruno Méndez cruza boa bola para Alemão, que faz o pivô e, de calcanhar, serve Dourado. Volante escorrega no momento do chute, e a zaga consegue o corte.

40min – VILÃÃÃÃÃÃO! Dourado lança linda bola para Taison, que tenta o drible em João Paulo, mas o goleiro consegue bloquear a finta.

45min – Mais cinco. Vamos a 50!

50min – Jogo encerrado na Vila Belmiro.


Ficha técnica:

Santos (1): João Paulo; Madson, Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández e Zanocelo (Sandry); Léo Baptistão (Bruno Oliveira), Ricardo Goulart (Lucas Barbosa) e Lucas Braga (Pirani); Bryan Angulo (Rwan). Técnico: Fabián Bustos.

Internacional (1): Daniel; Bustos (Bruno Méndez), Vitão, Gabriel Mercado e Renê; Gabriel e Edenilson (Mauricio); Pedro Henrique (Dourado), Alan Patrick (Taison) e Carlos de Pena; David (Alemão). Técnico: Mano Menezes.

Gols: Lucas Braga, aos 17’/2ºT (S). Bruno Méndez, aos 26’/2ºT (I).

Cartões amarelos: Edenilson (I). Madson e Rodrigo Fernández (S).

Arbitragem: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Kléber Lúcio Gil e Henrique Neu Ribeiro. Quarto árbitro: Ilbert Estevam da Silva. VAR: Pablo Ramon Pinheiro.

Estádio: Vila Belmiro-SP.

fonte: https://internacional.com.br/noticias/cronica-santos-x-internacional-10a-rodada-brasileirao-2022
Outras noticias do Brasileirão Série A

  Fluminense vence o Atlético-MG por 5 a 3 no Maracanã